Tags

,

Cada mulher tem o seu estilo, que costuma mudar nas diferentes fases da vida. Pensando nisso, separamos dicas para você arrasar em qualquer idade e começar o ano com o visual reformulado!

Escrito por Giselle Hirata

Linda aos 20, 30, 40 e 50 anos

Estar sempre bonita e na moda é o desejo de toda mulher. Para isso, não existe uma regra de estilo para cada idade, mas é possível adequar elementos e pensar nas melhores combinações de acordo com os seus desejos, necessidades e gostos.

Conversamos com especialistas em moda e beleza para coletar dicas preciosas para você arrasar aos 20, 30, 40 e 50 anos.

Inspire-se nas famosas e comece o ano reformulando seu visual!

1. João Costa/Rede Globo 2. Raphael Dias 3. Felipe Assumpção/Agnews 4. Leo Franco/Agnews

Aos 20 anos

No auge da juventude existe um mundo de possíbilidades: roupas de vários estilos e cores, cortes de cabelo ousados e makes incríveis!

1. Caio Duran 2. Felipe Assumpção/Agnews 3. João Costa/Rede Globo

Moda

Tecidos leves e com estampas estão em alta, assim como peças coloridas. Também dá para usar e abusar de vestidos, saias, macacões, shorts e a irreverente calça jeans. Sapatilhas coloridas e um saltinho também são boas opções.

As peças mais curtas ou justas também estão liberadas, mas, claro, variam de acordo com a sua personalidade.

“Em 2015, a tendência será itens que remetem à moda dos anos 1970. Um bom exemplo são os tops curtos – ou cropped – que ficam lindos com peças de cintura alta”, explica a personal stylist Thais Cordeiro.

O guarda-roupa de Sophia Abrahão é um bom exemplo. A atriz sempre faz combinações diferentes, sem medo de ousar.

Caio Duran

Cabelo

Este é o momento de ousar. Um cabelo mais curtinho ou repicado é sinônimo de estilo e personalidade, enquanto os fios longos demais podem dar uma impressão mais conservadora.

“Eu aposto em cortes mais leves e curtos, acima do ombro. É fácil de arrumar e demonstra que a mulher é versátil e tem atitude. Nessa idade, eu penso em uma mulher dinâmica, que está em busca dos seus objetivos, sem perder a sua feminilidade. Elas também podem abusar de cores sólidas, como os castanhos, ou tons naturalmente iluminados”, ressalta Daniel Carvalho, hairstylist do salão Retrô Hair.

Para ele, o corte de Sophie Charlotte é uma ótima referência.

Rede Globo/Divulgação

Make

Na maquiagem, também não existe restrição. É o momento de experimentar e testar tons e texturas.

“Com pele ainda saudável, elas podem tanto usar batons coloridos ou ainda investir em cores fortes nas sombras, delineador e rímel. É importante já começar a cuidar da pele, com muito protetor solar”, aconselha a maquiadora Gabi Back.

Para Gabi, a celebridade que se destaca no quesito make é a ruivinha Marina Ruy Barbosa.

J.R.Duran

Aos 30 anos

Mais independente, a mulher já tem um estilo definido. As peças muito justas começam a perder força, o cabelo ganha uns centímetros a mais e a maquiagem ganha tons diferentes.

1. Felipe Panfili/Agnews 2. Francisco Cepeda/Agnews 3.Raphael Dias

Moda

Nesta fase, é comum optar por looks mais elegantes, mas sem perder a sensualidade.

Peças mais românticas, com aplicações de renda, saias rodadas, cintos e estampas florais são boas apostas.

Sapatos mais fechados e de salto médio, estilo peep toe, fazem ótimas combinações.

“É sempre bom ter no armário um vestido de comprimeto médio e tecido mais refinado. Nesse momento, não se sabe quando vão surgir eventos ou festas. Um acessório chave é a bolsa de couro média em cor neutra – funciona bem em várias ocasiões do dia-a-dia”, indica a personal stylist Thais Cordeiro.

Fique de olho nos looks da estilosa Giovanna Antonelli.

Felipe Panfili/AgNews

Cabelo

Cortes mais longos com camadas ou repicados dão movimento ao cabelo. Os fios também podem ganhar uma cor para um ar mais moderno.

“Para essas mulheres eu sugiro um cabelo mais alongado, com camadas que dêem leveza e movimento. Também é possível trabalhar a luminosidade, clareando um pouco as pontas para dar mais contraste sem perder o brilho e a vitalidade do cabelo”, explica Daniel Carvalho, harstylist do salão Retrô Hair.

O cabelo de Grazi Massafera segue essa ideia e transmite segurança e sensualidade.

Foto: AgNews

Make

A maquiagem ganha um papel importante na vida da mulher, que busca disfarçar algumas marquinhas de expressão. Com tons mais suaves durante o dia, a make pode ganhar mais peso à noite.

“Já no momento de transição da pele, recomendo o CC Cream durante o dia, que ajuda a suavizar e uniformizar a cor, além de já proteger do sol. À noite, um batom vibrante e um delineador bem marcado nos olhos têm tudo para dar certo”, diz a maquiadora Gabi Back.

Inspire-se na Sabrina Satto, que usa makes que dão um aspecto natural à pele.

AgNews

Aos 40 anos

Os 40 anos pedem glamour, conforto e elegância. As roupas começam a ganhar um tom mais neutro, os sapatos são mais confortáveis e a make ressalta a beleza da mulher madura.

1. Felipe Assumpção/Agnews 2. Thiago Duran/Agnews 3. Anderson Borde/Agnews

Moda

Aos 40 anos, as peças ficam mais clean, sem muitos exageros. Os modelos ficam mais chiques, com peças desenhadas e tecidos leves.

Nessa idade, os looks podem ser mais modernos com combinações de peças-chave como camisas e calças – que podem ser coloridas também. Acessórios como bolsa envelope, colares e sapatos de salto podem compor um look discreto, mas sexy.

“Tons de verde que passeiam pelos azulados, cítricos até o verde esmeralda, amarelo, laranja e metalizados são tendências adaptáveis para todas as idades. Assim como os maxibrincos e maxicolares”, conta a personal stylist Thais Cordeiro.

Carolina Ferraz é uma ótima representante desta faixa etária, sempre com looks cheios de classe e estilo

Foto: Divulgação/Carolina Ferraz

 Cabelo

 O comprimento continua  abaixo dos ombros, mas o cabelo pode ser mais repicado para ganhar leveza extra. As tinturas começam a ser mais frequentes nessa idade, principalmente em mulheres que se preocupam com os fios brancos. “O cabelo mais longo reforça a autoestima e dá até para pensar na possibilidade de uma franja mais repicada. Uma tendência nessa idade é o clareamento mais expressivo. Além do cabelo claro trazer suavidade à expressão, ele é um forte aliado na camuflagem dos fios brancos”, indica Daniel Carvalho, hairstylist do salão Retrô Hair.

Para Daniel, o estilo de corte que mais favorece a mulher nessa idade é o de Adriane Galisteu.

Foto: Lailson Santos / Reprodução CONTIGO

Make

Aos 40 anos, é preciso ter cuidado com a make para não realçar os sinais de envelhecimento.

“Nesse caso, aconselho um olho bem esfumado, uma pele iluminada e boca nude. É simples, mas fica incrível. E é sempre bom escolher bons produtos, que fazem toda a diferença na hora da fixação do make e para deixar a pele mais natural”, explica a maquiadora Gabi Back.

Letícia Spiller é uma das quarentonas que sabe como ressaltar sua beleza natural e sempre acerta no make.

Dalila Magarian – Edição: MdeMulher

Aos 50 anos

Segura, é a idade na qual a mulher mostra todo o seu charme e estilo na hora de se arrumar. As roupas ganham mais comprimento, os cabelos ficam mais curtinhos e os sapatos devem ser mais confortáveis.

1. Leo Franco/Agnews 2. Francisco Cepeda/Agnews 3.Felipe Assumpção/Agnews

Moda

Aos 50 anos, é importante que a mulher se sinta bonita e continue cuidando de seu visual. O vestuário fica um pouco mais sutil, com peças de cores sóbrias e lisas. Elas ficam um pouco mais soltinhas para não marcar o corpo. Os sapatos são substituídos por sapatilhas ou saltos mais quadrados, as bolsas ficam maiores e os acessórios mais delicados.

“Conforme os anos vão passando, o conforto passa a ser uma prioridade cada vez maior. Por isso, os comprimentos vão aumentando, os saltos diminuindo e as formas se ampliando para garantir esse conforto”, revela a personal stylist Thais Cordeiro.

Um bom exemplo de elegância aos 50 anos é Luiza Brunet, sempre sofisticada.

AgNews

Cabelo

Os fios ficam mais curtinhos, repicados ou modelados. É a idade da praticidade e da busca pela jovialidade.

“A melhor pedida são os repicados curtos, sem peso. As cores podem ser mais quentes e luminosas, sem contraste. A ideia é expressar versatilidade”, revela Daniel Carvalho, hairstylist do salão Retrô Hair.

Para ele, o cabelo de Glória Pires demonstra toda a praticidade e jovialidade que a mulher dessa idade pode expressar.

Nana Moraes

Make

Nada de cores fortes e excesso de maquiagem. Com a pele mais madura, os produtos devem ser usados com moderação e apenas para cobrir as pequenas imperfeições que começam a aparecer.

“Nesse momento, o menos é mais. Nada de corretivos ou bases densas, que podem intensificar ainda mais as marquinhas. O ideal é usar apenas produtos que iluminem a pele e deixar todo o resto bem discreto”, conta a maquiadora Gabi Back.

Maitê Proença aposta em um look natural, que ressalta sua beleza.

Foto: TV Globo/Divulgação

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br

Anúncios